MURAL DE RECADOS
  • .

    .

    domingo, 23 de maio de 2010

    Os Sofrimentos de Paulo e as ‘Doutrinas Modernas’

    orando2 300x225 Os Sofrimentos de Paulo e as Doutrinas Modernas

    “Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um.
    Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo;
    Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos;
    Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez.”

    Os acontecimentos acima são um relato verídico de uma pessoa que viveu em completa harmonia e temor à Palavra de Deus.

    Estes acontecimentos, contidos no livro de 2 Coríntios 11:24-27, fizeram parte da vida do Apóstolo Paulo, um homem escolhido pelo Senhor Jesus e que foi um marco na história do evangelho.

    Ao ver hoje muitas Igreja abraçando a teologia da prosperidade, a confissão positiva, dentre tantas outras ‘doutrinas’, será que Paulo encontaria lugar para congregar em algumas delas sem ter que aprender o ‘reformado evangelho’ ensinado por muitos pastores,bispos e apostólos modernos, onde o sofrimento, as lutas, a fome, a nudez, etc. é visto sempre como falta de fé ou pecado?

    Se vasculharmos todo o Novo Testamento, sobre a vida do Apóstolo Paulo, jamais vamos encontrá-lo determinando ou exigindo uma atitude de Deus para se ver livre de todas as lutas que teve que passar pela causa de Cristo.

    Com certeza também, ele não ia a nenhuma ’sessão do descarrego, ’show da fé’ ou á ‘novena da sagrada família’.

    Também não deu o ’seu Isaac’ e nem o ’seu tudo’. Muito menos tentou expulsar o ‘demônio da perseguição’ ou repreender o ‘espírito de destruição’.

    Enfim, o Apóstolo Paulo não fez uso de tantas táticas, superstições e misticismos que têm invadido as Igrejas nos dias de hoje.

    Ele sabia muito bem o que é ser um verdadeiro cristão:

    “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
    Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.”
    (Filipenses 4:12,13)

    E que viver um evangelho que só visa as mãos do Mestre, é viver um evangelho enganoso, mesquinho e egoísta.

    E nos ensina que deveríamos viver na mesma dimensão que foi exposta pelo Profeta Habacuque:

    “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado;
    Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação. ”
    (Habacuque 3:17-19)

    É preciso nos conscientizarmos que devemos seguir a Cristo independentemente de qualquer situação e que nem sempre as lutas que passamos são frutos de nossos erros.

    O Senhor é soberano e devemos estar com Ele, aconteça o que acontecer.

    Em Cristo Aparecido Lopes

    Créditos a: http://despertaigreja.com

    0 comentários:

    Postar um comentário

    Termo de Responsabilidade

     

    virtude cristã © 2008. Thanks to Blogger Templates | Template Design By: SkinCorner